Seja Bem Vindo!

Este site é exclusivamente direcionado ao estudo da língua hebraica e de textos originais do Tanak. Os vídeos e imagens publicados são escolhidos para complementação didática e cultural e não expressam opinião religiosa dos editores. Todos podem participar, desde que com comentários não ofensivos.

Agora estamos com a versão Ler e Ouvir de Salmos em Hebraico no celular. Boa leitura!

Postagem em Destaque

Jacó: o Grande Empreendedor

Ayin/Shin/Resh A riqueza de Jacó foi planejada pelo próprio. Obviamente, ele teve duas qualidades imprescindíveis para prosperar: generosi...

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Esaú e Jacó - Como se vende uma Primogenitura?

(Imagem: Faboarts)
Segundo as leis que dominavam o mundo antigo, Esaú teria o direito de dominar sobre os bens de Isaac, segundo a Sucessão Hereditária, pois era o primogênito:

"Art.522. Mas , o mais velho, quando ele é eminentemente virtuoso, pode tomar posse do patrimônio em sua totalidade; e os outros irmãos devem viver sob sua tutela, como viviam sob a do pai." (Código de Manu, Nono Livro, XX).

Cabe aqui ressaltar novamente, que a Lei de Moisés ainda não havia sido organizada, e que os povos do mundo antigo tinham que ter códigos de comportamento para se organizarem como sociedade, com direito a tribunais e juízes para fazê-los cumprir.

A Lei da Primogenitura, muito bem exemplificada no episódio da "venda" entre Esaú e Jacó em Gênesis 25. 24-34, reflete a influência forte de antigos códigos orientais sobre as leis da boa convivência entre os patriarcas de Israel.

" Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura." v.31

A primogenitura significava o direito de posse, domínio e decisão sobre o futuro das propriedades da família para o filho mais velho.

Esaú agiu de forma incoerente desprezando esse direito, mas bem sabia que para que o "negócio" fosse realmente fechado, teria que ter a aprovação e benção do pai.

Se Esaú recebesse a benção de primogênito, o negócio com Jacó seria claramente desfeito.
O que ele não contava era com o plano arquitetado de sua mãe para desviá-la para o seu irmão mais novo.

Muitos criticam a atitude de Rebeca, mas Esaú havia se casado com mulheres estrangeiras,
pondo em risco os bens da família, podendo fortalecer as propriedades de nações pagãs, ao invés de expandir as heranças dos israelitas. As mulheres que eram "amargura de espírito" (Gênesis 26.35) para Isaac e sua esposa tinham grande influência sobre Esaú a tal ponto de prejudicar até a herança de Jacó.

Portanto, Rebeca agiu em defesa das propriedades da família.

O que constitui a benção de Primogênito?

Está bem claro nas palavras de Isaac para Jacó em Gênesis 27.29
"... sê senhor de seus irmãos, e os filhos da tua mãe se encurvem a ti."

Com ela o filho mais velho manda e desmanda em tudo, e comanda a divisão dos bens após a morte do patriarca, podendo deixar os irmãos sem nada.

Um final intrigante e lindo:

Depois de muita confusão e tempo, ninguém mais precisava do dinheiro do pai.

Quando Isaac morreu, Jacó não precisava mais das riquezas que o seu direito à Primogenitura lhe concedia, apenas impediu que Esaú dominasse sobre tudo com a influência de suas esposas.

Quando se reencontraram em Gênesis 33, os dois irmãos eram tão ricos que o patrimônio do pai
ficou pequeno diante de sua fortuna:

"Mas Esaú disse: Eu tenho bastante, meu irmão; seja para ti o que tens." v.9

E Jacó devolveu a benção de seu pai para Esaú:

"Toma, peço-te, a minha benção, que te foi trazida; porque D'us graciosamente ma tem dado; e porque tenho de tudo." v.11

Assim fizeram as pazes.


Prof. Gláucia Vilela.
Obs: A Lei de Moisés anulou a instituição da Primogenitura, mantendo para o primogênito apenas um privilégio: receber tudo em dobro.
.A Torá Viva- Anotado por Rabino Aryeh Kaplan, Editora Maayanot,2003,SP.*
2.Dicionário Português-Hebraico/Hebraico Português - Abraham Hatzamri e Shoshana More-Hatzamri - 2ª edição,Sefer,2007, SP.

33 comentários:

  1. Gostei de conhecer este ponto de vista sobre a atitude de Rebeca. Sempre achei que Rebeca agiu assim porque amava mais Jacó, e assim foi. Mas o post informa que era necessário a benção para valer o direito de primogenitura, e o fato de Esaú ter casado com uma estrangeira. A postagem me acrescentou. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. detalhe , a primogenitura sempre foi de jaco , pois Deus através de profecia já havia alertado Rebeca que o maior iria servir o menor como vemos aqui
      Isaque orou insistentemente ao Senhor por sua mulher, porquanto era estéril; e o Senhor ouviu as suas orações, e Rebeca sua mulher concebeu.
      E os filhos lutavam dentro dela; então disse: Se assim é, por que sou eu assim? E foi perguntar ao Senhor.
      E o Senhor lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor.
      Gênesis 25:21-23

      Excluir
    2. Obrigado pela participação Lucas Oliveira!

      Excluir
  2. Agradeço o comentário Pr. Éber. Outro abraço.

    ResponderExcluir
  3. Perfeito!
    Precisava de suas aulas em todos os períodos do seminário rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Nathália! Alunos brilhantes acabam aprendendo a andar com as próprias pernas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Glaucia, Shalon, vc não envia suas exegeses por e-mail, gostaria de usá-los no seminário que criei na igreja que pastoreio, devido a falta de muitos materiais é difícil para gente entrar mais profundo como vc entra na exegese bíblica. Shalon

      Excluir
    2. Em breve esse material estará nas prateleiras, editado e rico com mais informações!!!!

      Excluir
    3. muito interessante gostei de mais sera que alguem teria algo sobre mefiboset o filho aleijado de jonatas

      Excluir
    4. Olá Semeadores!
      Só haverá um estudo sobre Mefiboset no blog Tela Hebraica se houver um bom número de perguntas sobre ele. Mas no Facebook, você poderá ser adicionado como amigo e lançar a discussão. Lá, dentre os adicionados, terão pessoas para lhe responder algumas perguntas ou sugerir links.
      Gratos pela visita.

      Excluir
  5. Nossa que estudo MARAVILHOSO! Obrigada por nos ensinar!! Sairemos deste blog mais SÁBIOS desta Palavra!

    ResponderExcluir
  6. SHALON, PROFESSORA GLÁUCIA, PRECISO DE QUE ME TIRE 2 DÚVIDAS, ACERCA DA PALAVRA SHECKNA, E SE ELIAS MORREU OU NÃO PROVOU A MORTE, OU SEJA, FOI TRANSLADADO. AGUARDO, SHALON.

    ResponderExcluir
  7. na minha modesta opnião,acho que a atitude de rebeca não foi uma atitude acertada, porque desde a gravidez os filhos lutavam dentro do seu ventre e ela ao consultar a Deus, Deus disse: o maior serveria o menor,Gen.25,22,23. Deus na sua presciencia ou seja: poder de saber todas as coisas antecipadamente ja previl que Esaú
    não seria a pessoa ideal para usufluir dos direito legais de um primogênito vê Gen 25,32-34 ou seja:Não deu valor ,vendeu por um prato de lentilha, por fim casou com as estranhas povo que aborrecia muito Jacó e Rebeca Gen 27. 46 e que dava muito desgosto aos pais, então eu acredito que se Deus falou que o maior serveria o menor certamente Deus trabalharia na sua multiforme sabedoria e a sua palavra seria cumprida sem precisar da ajudinha de Rebeca, que por fim teve de ficar mais de vinte anos lonje do seu filhinho querido Gen 25,28 porque o irmão queria mata-lo Gen 27 41 na verdade Esaú certamente queria matar seu irmão Jacó de espada, e seus pais de desgosto e do coração.Bom esse é o meu parecer não sou o dono da verdade .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Anônimo. Mas Graças a D'us que a Bíblia tem exemplos de pessoas falhas como Rebeca, pois reflete como nós nos comportamos hoje: mesmo sabendo das providências Dele, sempre queremos dar a nossa "ajudinha". Não querendo justificar os nossos erros por causa do erro de Rebeca, mas consolando àqueles que tentaram dar um "jeitinho" para resolver uma situação e se arrependeu depois com as consequências de sua falta de confiança.
      Não deu Sara um "jeitinho" para dar um filho a Abrãao pela sua escrava? Ela sabia da promessa de um filho, mas como demorava a se cumprir ela deu uma "ajudinha" que a fez se arrepender amargamente no futuro e que se tornou um dos maiores sofrimentos de Abrãao. A Torah diz que alma dele se contorceu de tristeza no momento de despedir um filho querido, Ismael, que ainda era uma criança, para bem longe!
      Muito obrigada pela participação!

      Excluir
  8. Prezada profa. Glaucia Vilela, obrigada por este artigo, é realmente esclarecedor. tenho ainda 2 perguntas: 1)O que a sra. diria sobre o primogênito receber a metade dos bens e não todo? 2) a sra. teria algo sobre as varas verdes que Jacó usou para o seu rebanho? existe algo de feitiço nisso? obrigada

    ResponderExcluir
  9. Shalom irmãos! Gostaria de saber se alguem poderia me indicar algum livro sobre cultura judaica.

    Grato!

    ResponderExcluir
  10. Rebeca e Jacó cúmplices de um plano diabólico, se aproveitando da condição em que se encontrava Isaque. Traição. Longe de mim as "Rebecas e os Jacós" da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como digo aos meus alunos: a Bíblia não é feita de pessoas perfeitas, se não a sua veracidade poderia até ser questionada tranquilamente. A Bíblia é feita de traidores, adúlteros, ladrões, mentirosos..... Alguns encontraram o caminho da mudança no seu trajeto de vida, e se arrependeram, outros não...é isso aí!

      Excluir
  11. Vale ressaltar que a matriarca Rebecca, quando grávida dos gêmeos Esaú e Jacó, recebeu a seguinte profecia :
    .
    E o Senhor lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e O MAIOR (Esaú) SERVIRÁ ao menor (Jacó).
    .
    Gênesis 25:23
    .
    Diante disso, Rebeca faz de tudo para que o menor (Jacó) recebe o direito da primogenitura .

    ResponderExcluir
  12. Olá, gostaria de tirar uma duvida. A benção que Jacó daria para seu irmão era devolver a primogenitura?
    Parabéns pelo trabalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos dizer que Jacó queria dizer assim para o seu irmão: "Esaú, não preciso mais da benção das posses da primogenitura, v. 9 e 11, sou rico, e me perdoe por minhas preocupações tolas sobre as riquezas de nosso pai." Citação minha.

      Excluir
  13. Muito enriquecedor este estudo. Gláucia, você dá aulas aqui no Rio de Janeiro? Queria assisti-las ou seminário e tal. Shalom

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo trabalho, vou indicar seu blog para outras pessoas, me esclareceu dúvidas importantes e me enriqueceu esclarecendo coisas que não havia percebido.

    ResponderExcluir
  15. Esse trabalho é muito bom, nos ajuda a ver o texto bíblico por um angulo diferente e facilita o entendimento do mesmo. Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  16. Muito bom estudo lindo, ponto de vista de Rebeca.

    ResponderExcluir
  17. Obrigado por postarem esse ponto de vista sobre a venda da primogenitura. Porém devemos reconhecer alguns aspectos importantíssimos. A profecia já estava lançada onde " O maior serviria o menor", então essa palavra deveria se cumprir de qualquer jeito. Não que Jacó fosse perfeito e que Esaú imperfeito, mas uma vez profetizado, cumprir - se no tempo certo , deve acontecer. Que Jacó errou em se aproveitar de uma fraqueza de seu irmão, sim é claro que erro, que mentiu para seu Pai Isaque , se passando por Esaú isso é claro, porém muito pior foi Esaú tendo algo tão precioso e não zelou em guardar. Deus nunca vai escolher o que é perfeito para estabelecer seus planos eternos, mas o que é imperfeito. Onde está a Glória de Deus , se não for usar o homem mortal e pecado para provar seu grande poder e misericórdia? Quando tentamos acertar, erramos e as vezes acertamos, porém o ser humano é assim. Lembram de Jó? Exemplo a ser seguido, porém como ele mesmo disse com seus próprios lábios, que " o que eu temia , me sobreveio." Jó também diz as escrituras sagradas que sacrifava pelos seus filhos o que deveria ser algo pessoal. Quero mostrar que Deus nunca irá escolher o perfeito mas o resultado e frutos são mais importantes. Não apoio a estratégia trassada por Jacó, mas me escandalizo com Esaú por trocar uma Herança de seu avô por um simples prato de lentilha. Shalom a todos !

    ResponderExcluir
  18. Parabéns Glaucia! Muito bom, da maneira como você explicou o texto parece tão fácil de enxergar o contexto, que chega dá vergonha rsrsrs.... parece que sempre esteve diante dos nossos olhos com esta clareza e nós não enxergávamos, mas a sensação é esta mesmo, um descortinamento do texto.

    Sou frequentador constante do blog. Show!!!

    ResponderExcluir
  19. Fui muito edificado por este estudo e quero aprender mais com vcs!
    Parabéns Glaucia

    ResponderExcluir
  20. Ainda sobre a questão da primogenitura, no caso dos filhos de Judá (Gn 38), quem seria o sucessor do patriarca na condução do clã, caso Onã Tivesse gerado um filho de Tamar?

    ResponderExcluir