Seja Bem Vindo!

Este site é exclusivamente direcionado ao estudo da língua hebraica e de textos originais do Tanak. Os vídeos e imagens publicados são escolhidos para complementação didática e cultural e não expressam opinião religiosa dos editores. Todos podem participar, desde que com comentários não ofensivos.

Agora estamos com a versão Ler e Ouvir de Salmos em Hebraico no celular. Boa leitura!

Postagem em Destaque

Jacó: o Grande Empreendedor

Ayin/Shin/Resh A riqueza de Jacó foi planejada pelo próprio. Obviamente, ele teve duas qualidades imprescindíveis para prosperar: generosi...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Como a Serpente engana o Homem? (Gênesis 3.15)

my.opera.com/.../archive/monthly/?day=20090901 A imagem não é de Eva, é sim de Lilith, uma personagem do folclore popular hebreu medieval associada à Serpente.
No contexto a situação era a seguinte: a Serpente ( do hebraico"nahash") é apresentada como
o mais astuto ( " 'arus", ou esperto) dos animais do campo, e usa de argumentos numa conversa com a mulher com o objetivo de desorganizar a relação do Criador com o Homem.

Os judeus associam a palavra astuto ("'arus") à palavra grega "eros" ( de "erótico"ou "nudez"), já que muitas palavras gregas são de origem semita.
Isso quer dizer que a Serpente, sendo astuta, induz à nudez. Ela faz com que o Homem cometa o erro e que as consequências do mesmo fiquem bem visíveis, tornando-o envergonhado e "nu".

Após consumada a desobediência, a Serpente recebeu outra característica no seu castigo: passa a rastejar. (Gênesis 3.14). Essa é a pista importante para a interpretação do versículo seguinte, que no hebraico está nessa disposição:

וְאֵיבָה אָשִׁית

"E ódio plantarei

בֵּינְךָ וּבֵין הָאִשָּׁה

entre tu (você masculino) e entre a mulher

וּבֵין זַרְעֲךָ

e entre a sua semente ( "zerá" pode ser também: descendente, sêmen, filho)

וּבֵין זַרְעָהּ

e entre a semente dela

הוּא יְשׁוּפְךָ רֹאשׁ

Ele pisará a sua cabeça

וְאַתָּה תְּשׁוּפֶנּוּ עָקֵב

e tu (você) golpearás o seu calcanhar.


Na rivalidade o verbo tanto usado para "Ele" e "tu" é o mesmo: "shuf", que pode ser traduzido como "pisar, atacar, limar,friccionar,raspar." O radical é parecido com "shofet", juiz, árbitro.
Um atacaria a cabeça e o outro o calcanhar do inimigo.

Quem é "Ele"? Entendemos que somente um Ser Divino seria capaz de esmagar totalmente a influência da mente astuta e maligna de uma Serpente, pisando-a num golpe mortal.

Com relação à palavra "calcanhar" do hebraico "'akev", muito nos lembra a história de "Yakov",
ou Jacó, que recebeu esse nome porque nasceu segurando o calcanhar de seu irmão Esaú. (Gênesis 25.26). A palavra "'akev" também pode ser traduzida como "passos". Jacó veio atrás dos passos de Esaú com astúcia, garantindo confusão e benefícios da Primogenitura para si.

Para o caso da Serpente, a melhor tradução do verbo para a sua ação seria "limar, friccinar, raspar" os "passos" (e não o calcanhar) do Messias.

Assim, o castigo de Gênesis 3.15 não estaria direcionado a uma ferida direta no Descendente da mulher e sim uma deturpação de Seus passos pelo rastejar da Serpente, atrapalhando o Homem de encontrar a Salvação seguindo-O.


Proposta de tradução:
"Ele pisará a sua cabeça, e tu rasparás os seus passos."
Bibliografia:
A Torá Viva - O Pentateuco e as Haftarot - Anotado por Rabino Aryeh Kaplan- Editora Maayanot;
Dicionário Português Hebraico e Hebraico Português - Abraham Hatzamri e Shoshana More-Hatzamri - ed. Sêfer


Prof.ª Gláucia Vilela

23 comentários:

  1. Tenho aprendido que a semente da serpente é Semente de Sátanas, que matou Jesus (cujo calcanhar foi atacado, pois não morreu) e a Semente da mulher é Jesus que pisou a cabeça da semente da serpente, Satanás, que já foi expulso do céu sendo atirado à terra, onde governa com seu exercito de demônios.

    ResponderExcluir
  2. Querido anônimo,
    Muito obrigada pela sua colaboração!

    ResponderExcluir
  3. Pastor Levi paiva,ola miss Gláucia, otimo trabalho,muito bom teu blog.YAHWEH SHALOM

    ResponderExcluir
  4. Pastor Levi Paiva, ola miss Gláucia que bom ter descobrido seu blog será de muita valia a mim.
    YAHWEH SHALOM.

    ResponderExcluir
  5. Seja sempre bem vindo, Pastor Levi Paiva.
    Mazal Tov!

    ResponderExcluir
  6. Paz Miss Gláucia... sou grato a Deus pela sua vida, o conteúdo desde blog tem auxiliado muito a minha vida.

    Att. Vagner Silva

    ResponderExcluir
  7. Grata, voltarei a publicar novos artigos após março de 2012.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Gláucia Vilela
    Gostei muito do seu blog, enriquecedor!
    Se assim desejar, responda-me: Onde você estudou hebraico? Quais as ferramentas que você usa para fazer exegese (excelente)?
    Grato, aguardo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui iniciada pelo meu pai e avô materno, amantes das Escrituras. Após me formar secularmente (sou dentista)estudei no extinto curso de Hebraico/Português da UERJ.Aplico os métodos de interpretação judaicos de influência hassídica.
      Um abraço!

      Excluir
    2. Olá GLÁUCIA, muito boa a interpretação do texto sobre a tentação da serpente.
      Interessante que eu tinha percebido ao ler em uma bíblia hebraica que o mesmo adjetivo - nus - para o casal era a mesma palavra para o adjetivo da serpente - astuta. Muito esclarecedor.

      GLAUCIA, eu estou escrevendo um ensaio biológico sobre a origem da criação conforme Gênesis, por esta razão eu gostaria de obter um comentário tipo esse da serpente sobre os primeiros capítulos de GÊNESIS - a criação e o jardim.
      E preciso saber a origem semântia da palavra espécie: min - em hebraico.
      muito obrigado por sua atenção.

      Excluir
    3. O texto das Escrituras não tem preocupação em dar justificativas científicas à Humanidade.
      Quando a Bíblia fala que o mar abriu, o sol parou, o rio ficou em sangue ou que o dia ficou escuro, nós é que tentamos dar algumas explicações para esses fenômenos na natureza.
      Enquanto na Biologia, há distinção entre classes, ordens, gêneros e espécies em classificações taxonômicas, no texto bíblico a palavra "min", que é traduzida normalmente como "espécies" em Gênesis 1.11, pode ser traduzido também em dicionários comuns de Hebraico/Português como "espécie, classe,tipo, gênero,sexo"!

      Obviamente em dicionários hebraicos de linguagem científica em Biologia deve haver a distinção entre essas palavras, mas não disponho desse material.

      Observei que a palavra "min" não é usada em Levíticos 19.19, pois se fosse assim eu poderia afirmar que ela em Gênesis 1.11 é traduzida "espécie" por causa da viabilidade de se haver filhotes ou plantas desse cruzamento.
      Em Lev. 19.19 há proibição da hibridização sem uso da palavra "min".

      Não sei a origem semântica de "min" pois o hebraico veio de correntes semíticas antigas. Talvez por ser uma palavra tão primitiva não nos permite uma tradução científica na Bíblia.
      A evolução torna o vocabulário de uma língua mais específico.
      Espero ter ajudado um pouco.

      Excluir
  9. A semente plantada por seu avô e seu pai produziu, produz e produzirá bons frutos! Você os honrou!
    יְבָרֶכְךָ יהוה וְיִשְׁמְרֶךָ׃

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigado Glaucia por sua colaboração.
    Eu cogitei sobre o radical da palavra MIN -
    porque no hebraico parece que muitas palavras estão ligadas ao radical que relaciona a outros termos dos quais derivam - principalmente com coisas concretas - como fogo -água - etc.; elementos da natureza.
    Eu pensei que a palavra "MIN" tivesse uma ligação desse tipo com radical de outra palavra que denomina coisa concreta da natureza como fundamento, base, etc.
    Quanto ao ensaio, procuro não dar satisfação aos evolucionitas da Biologia, mas mostrar que os principios verdadeiros dessa ciência estão profundamente arraigados à revelação do livro de GENESIS - O MEU TEMA É: A FILOSOFIA DA CRIAÇÃO
    NO QUAL PROCURO DESTACAR A AUTERIDADE DA NATUREZA COMO PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CRIAÇÃO.
    enquanto que na ABIOGÊNESIS NADA É PARA NADA, TUDO É COINCIDÊNCIA.
    Obrigado por sua colaboração e espero interagir mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, "Luz da Aurora", parabéns pelo interessante trabalho! Realmente há relações de radicais no hebraico com muitas palavras de significados diferentes, mas que na verdade se explicam. Por isso é muito difícil fechar a tradução do texto bíblico, ela é cheia de caminhos.O vocabulário do hebraico bíblico é mais primitivo que o moderno, por isso é bem menor.
      Estou na fila para ler o seu ensaio após a publicação!

      Excluir
    2. וַיֹּאמֶר אֱלֹהִים יִשְׁרְצוּ הַמַּיִם שֶׁרֶץ נֶפֶשׁ חַיָּה וְעוֹף יְעוֹפֵף עַל־הָאָרֶץ עַל־פְּנֵי רְקִיעַ הַשָּׁמָיִם

      Glaucia, o verbo yshrêtzu encontrado no capítulo 1 verso 20 de GENESIS, É TRADUZIDO no dicionário da google tradutor como rastejar, e na nossa língua é povoar. Você poderia oferecer uma melhor tradução desse verso?

      Excluir
    3. "shere'tzu do radical de "sheretz" shim,resh,tzad, Este radical aparece duas
      vezes no início desse versículo:
      וַיֹּאמֶר אֱלֹהִים יִשְׁצרְוּ הַמַּיִם שֶׁרֶץ
      "E disse El'him fervilhará (shere'tzu) a água de pequenos seres (sheretz)..."
      Este radical tem várias traduções.
      Como verbo quer dizer fervilhar,pulular multiplicar, reproduzir-se, reptar e também rastejar;
      Como substantivo quer dizer réptil, mas é também um nome comum para todos os animais pequenos, minúsculos.
      Então quando leio esse trecho em hebraico tenho a sensação de ver uma grande panela com água fervendo, e das bolhas da fervura saem pequenos ovinhos aos milhares e milhares de vários seres que vão saindo dela e caindo no chão, transformando-se e rastejando como girinos até a sua forma final ...ou seja em toda criatura vivente. É a Criação...
      (obs: mas réptil vem do latim que quer dizer rastejar).

      Excluir
    4. Retificando o verbo no incompleto: "ishere'tzu"

      Excluir
  11. Miss. Glaucia, muito obrigado por sua atenção.
    SHALOM ALECHEM

    ResponderExcluir
  12. Miss Glaucia, para como voce entende o personagem oculto de isaias 53, que parece no hebraico como: nossa pregação - e se não me engano, o substantito está relacionado a palavra ouvido?!

    ResponderExcluir
  13. Rapaz! Que perspectiva! Maravilhoso pois, a questão de tradução bíblica tem resultado em várias interpretações inapropriadas e é sempre recomendável rever as Sagradas Escrituras, assim como a Professora Glácia está fazendo aqui no seu blog.
    Obrigado, Gláucia! Quero poder manter contato com você e buscar crescer pois, alem de maestro e produtor musical, sou teólogo, estudioso e pesquisador da Bíblia!
    Deus te abençoe ricamente!
    e-mail: maestrotoni46@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Olá..tenho uma dúvida quanto a frase: " o animal mais astuto..."
    Entendi, visto que ficou muito claro sua explicação, a questão de astúcia no entendimento hebraíco, mas você colocou que essa expressão traz sentido à nudez. Então a serpente não seria a única a ter esse perfil ou essa característica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A serpente tem um arquétipo espiritual tão forte que ao ser elevada a sua imagem em bronze no deserto (Números 21.9)as pessoas picadas não morriam de seu veneno. Ela foi muito representada na esculturas egípcias e parece que essa serpente de bronze causou um impacto visual muito grande. Ela realmente é uma representação da astúcia e do engano, mas também simboliza JUÍZO junto com o bronze, para aqueles que escolhem fazer o mal.

      Excluir