Seja Bem Vindo!

Este site é exclusivamente direcionado ao estudo da língua hebraica e de textos originais do Tanak. Os vídeos e imagens publicados são escolhidos para complementação didática e cultural e não expressam opinião religiosa dos editores. Todos podem participar, desde que com comentários não ofensivos.

Agora estamos com a versão Ler e Ouvir de Salmos em Hebraico no celular. Boa leitura!

Postagem em Destaque

Jacó: o Grande Empreendedor

Ayin/Shin/Resh A riqueza de Jacó foi planejada pelo próprio. Obviamente, ele teve duas qualidades imprescindíveis para prosperar: generosi...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Yom Kipur, o Dia em que o Mal perde o seu poder

http://static.jdate.com/microsites/jewishholidays/yom_kippur.htm

Yom Kipur (em hebraico יום כיפור) é o mais importante e sagrado dos feriados judaicos, o "Shabat dos Shabatot". É o dia da Expiação ou do Perdão, sendo assim, uma festividade solene caracterizada pelo jejum e o auto-exame. Ocorre dez dias após o Ano Novo Judaico (Rosh Hashanah). É um dia de jejum que dura 25 horas. Começou ao pôr-do-sol do dia 27, e continua até o cair da noite do dia seguinte. O Yom Kipur é celebrado em 10 de Tishrei e que neste ano, de acordo com o calendário ocidental, cairá no dia 28 de setembro de 2009.
Somente o Grande Sacerdote podia entrar no Santo dos Santos (Kodesh HaKodashim) no Templo nesse dia, onde D'us revelava a Sua presença.
Há restrições a serem cumpridas nesse dia como comer, beber, banhar-se, usar calçados de couro e ter relações sexuais.
Segundo a tradição este é o único dia do ano em que o anjo do mal perde os seus poderes. A numerologia judaica ( um dos métodos de estudo da Torá) explica que o nome hebraico para o anjo do mal, Satan, corresponde a 364. Esta diferença de um dia corresponde a Yom Kipur - o dia que Satan não tem poderes.
Yom Kipur é o dia do perdão divino, mas funciona como uma máquina do tempo que nos permite voltar atrás e retificar nossos pecados e erros passados.
Origem na Torá em Vayicrá/Levítico 16:29-31
A véspera do Yom Kipur é dedicada também à alimentação. Diz a tradição judaica, que aquele "que come no nono dia de Tishrei e jejua no décimo, é como se tivesse jejuado os dois dias". Nesse dia, deve-se concentrar em se alimentar bem e assim, preparar-se para o jejum.

Fonte: Morashá, sept,2009 - nº65

2 comentários:

  1. Ola, gostei demais de suas explicacoes, sera um blog que de agora em diante sempre iremos buscar para pesquisa. Meus esposo e eu nos interessamos muito pelo Hebraico e tudo que o envolve os costumes, festas e objetos, enfim, tudo que nos faz entender muito mais claramente como nosso Deus agiu e age ate nossos dias...Um grande abraco, Herica

    ResponderExcluir
  2. Seja bem vinda Herica! Estamos próximos de Hanuká,a Grande Festa das Luzes. Além disso,a partir de hoje estudaremos sobre algumas leis que regiam o mundo antigo antes da grande Lei Mosaica e que explicam alguns fatos curiosos na Bíblia. Por exemplo: "Como se vende uma 'primogenitura'?" no caso de Esaú e Jacó.
    Outro grande abraço, Gláucia Vilela.

    ResponderExcluir