Seja Bem Vindo!

Este site é exclusivamente direcionado ao estudo da língua hebraica e de textos originais do Tanak. Os vídeos e imagens publicados são escolhidos para complementação didática e cultural e não expressam opinião religiosa dos editores. Todos podem participar, desde que com comentários não ofensivos.

Agora estamos com a versão Ler e Ouvir de Salmos em Hebraico no celular. Boa leitura!

Postagem em Destaque

Jacó: o Grande Empreendedor

Ayin/Shin/Resh A riqueza de Jacó foi planejada pelo próprio. Obviamente, ele teve duas qualidades imprescindíveis para prosperar: generosi...

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

A arca de Noé não era um barco

Monte Ararat 1999 - por Rob Michelson


A palavra usada para designar "arca" no texto hebraico é "tevá", que quer dizer literalmente "caixa". Tevá foi usado também para designar a caixa onde Moisés foi colocado quando bebê por sua mãe para boiar no rio Nilo.

A arca não tinha a tecnologia de um barco porque foi construída em terreno plano, sem apoio, para que a força das "águas fortes" pudesse fazê-la boiar sem tombar. Também não tinha qualquer recurso de direção e ancoragem como remos, motores, velas e hélices. Constituía numa enorme caixa de 150 metros de comprimento, 25 metros de largura e 15 metros de altura, o tamanho de um transatlântico. Tinha três andares, divididos em vários compartimentos. Havia no centro um hall que recebia e distribuía a luz do dia de uma clarabóia superior.
Todo o processo de construção e impermeabilização por dentro e por fora da arca durou aproximadamente 1oo anos.


Apesar da arquitetura simples, a impermeabilização da arca foi toda realizada com asfalto, "kofer" no texto hebraico. Atualmente essa matéria prima, qualificada como hidrocarboneto de alto peso molecular, pode ser obtida pela refinação de petróleo, mas existiram depósitos naturais no Oriente. Os egípcios extraíam betume do Mar Morto para embalsamar múmias.

A caixa de madeira "gofer" (provavelmente uma espécie de cipreste), recebeu o mesmo material negro e resistente usado hoje na pavimentação de estradas e no revestimento de coberturas, canais e reservatórios. Por isso, a aparência externa da arca era escura e áspera.

A palavra "asfalto" origina-se do grego "asphaltos", do verbo grego "asphalizô", que quer dizer: "eu fortaleço, eu fortifico, eu faço forte". Segundo os autores da Septuaginta, o mesmo asfalto que serviu na consolidação da arca, serviu de argamassa para a torre de Babel e também na caixa de Moisés, embora que nesses dois últimos, a palavra hebraica designada para asfalto foi "hemar". Os gregos chamavam de "asfalto" qualquer espécie de betume ou cimento natural, mas esse termo designava principalmente o da Judéia, que se recorre à superfície do Mar Morto, também chamado de "Asphaltites lacus", ou Lago Asfáltico.

No hebraico é muito comum uma palavra ter vários significados diferentes, que se completam ou se explicam espiritualmente. "kofer" é uma delas, que também pode ser traduzida como resgate ou multa. No caso da caixa de Noé, o asfalto serviu de multa para os que ficaram de fora, e de resgate para os que ficaram dentro.

Pesquisadores da Nasa, juntamente com o ex-astronauta James Irwin, localizaram por satélite próximo ao Monte Ararat resquícios do que poderia ser um grande barco. Expedições ao local não puderam realizar a confirmação, mas essa grande caixa não era um navio.

Bibliografia:
A Torá Viva; anotado por Rabino Aryeh Kaplan; Ed. Maayanot, 2ª ed.,2003.
Dicionário Etimológico; P.F. Moulau, Librería"El Ateneo"-Buenos Aires,1944.
Dicionário Português-Hebraico e Hebraico Português, Hatzamri, A. & Hatzamri, Shoshana M. , Ed. Sêfer, 2ªed,2007.
Conhecer Tudo - Dicionário Enciclopédico Ilustrado, Abril Cultural,1977.
Referências:
Gênesis 5.32, a idade de Noé era de quinhentos anos quando recebeu a ordem de construir a arca.
Gênesis 7.11, Noé tinha 600 anos quando ocorreu o Dilúvio ("Mabul").
Gênesis 6.14 - O asfalto de arca ( "kofer").
Gênesis 3.11 - O betume da Torre de Babel ("hemar").
Êxodo 2.3 - o betume da cestinha de Moisés ("hemar").
Gláucia Vilela

Nenhum comentário:

Postar um comentário